03/01/2007

A esquerda enganou-se

O texto desta semana do inefável José Pacheco demonstra, por redundância, aquilo que me fartei de dizer ao longo dos últimos meses: a esquerda enganou-se. Ou foi enganada. Aliou-se ao discurso do eduquês, deu a mão aos pedagogos pós-modernaços bem-pensantes e bem-falantes e vê-os agora a tirarem-lhe o tapete. Temos então a paradoxal situação de vermos um dos eduqueses da praça a dizer exactamente o oposto daquilo que é dito pelos sindicatos da fenprof.

É muito bem feito.

3 comentários:

Prof24 disse...

O dito reservou-me algumas palavras. Pouco amistosas, diga-se: http://www.educare.pt/educare/Opiniao.Artigo.aspx?contentid=F6C79789517044DCBA225C7B71090AAD&opsel=2 Acho que o homem não percebeu a ideia básica: mas também não lhe vou dizer. Ele é Mestre em Ciências da Educação, não é? :)

paulo g. disse...

E onde está esse tal texto referido no post?
Gostava de ler.
É que eu ando a ler um livrinho dele (CArtas a Alice) e gostava de comparar...

Prof24 disse...

Por esta altura sei que já o encontrou, mas cá fica: http://www.educare.pt/educare/Opiniao.Artigo.aspx?contentid=F6C79789517044DCBA225C7B71090AAD&channelid=CD3CB4E206F40F4B996969430C03A04F&opsel=2
:)))