31/08/2005

FENPROF promove acções de sensibilização sobre desemprego

A Federação Nacional de Professores (Fenprof) realiza na quinta-feira acções de sensibilização em centros de emprego em 15 cidades sobre o desemprego entre os cerca de 40 mil docentes que não foram colocados.


A iniciativa decorre três dias após terem sido divulgadas as listas do concurso de professores e candidatos e a duas semanas do arranque do ano lectivo.

Dos cerca de 50 mil docentes que não pertencem aos quadros do Ministério da Educação (ME), apenas 10.039 conseguiram colocação, segundo dados divulgados segunda-feira pela tutela.

Os restantes 40 mil professores e candidatos, sem vínculo com o ME, que não conseguiram colocação podem leccionar através das colocações cíclicas, que ocorrem ao longo do ano lectivo.

Mesmo assim, a maioria dos que ficaram este ano de fora inscreve-se nos centros de emprego, o que habitualmente inflaciona as taxas de desempregos no último trimestre de cada ano.

As acções de sensibilização da Fenprof, previstas para quinta-feira nas principais capitais de distrito, dirigem-se aos docentes que se vão inscrever nos centros e emprego.

O sindicalista Adriano Teixeira Sousa, da Fenprof, explicou à agência Lusa que o sindicato irá distribuir folhetos informativos sobre «o desemprego e as situações precárias de horários pequenos dos docentes».

Durante as acções de sensibilização, será ainda distribuído um postal, a endereçar ao primeiro-ministro, José Sócrates, em que se critica a política educativa do governo.

Segundo dados da Fenprof, dos cerca de dez mil professores contratados, 4.488 foram colocados com horário completo, e 5.553 com horários incompletos, dos quais alguns têm apenas horários de uma hora.

Para a federação sindical, no próximo ano lectivo, que arranca entre 12 e 16 de Setembro, irão manter-se e agravar-se problemas como «analfabetismo, abandono e insucesso escolares, assim como a dimensão excessiva de turmas».

2 comentários:

Santa Cita disse...

Tomei a liberdade de vos linkar no "Santa Cita".

Votos de Bom trabalho.

Prof24 disse...

Agradeço a publicidade!