01/07/2005

Uma pergunta (enviado por e-mail aos sindicatos)

"Leio no site da FNE que existe a preocupação de discutir o problema dos "trabalhadores não docentes".

Leio ainda no site da FENPROF que "Os professores com redução da componente lectiva por antiguidade não terão qualquer nova redução pelo desempenho de cargos. Esta alteração, para além de criar desigualdades entre os professores, agrava, de facto, a componente lectiva dos docentes que já usufruem de reduções."

Estranho que não haja a este propósito nenhuma palavra sobre as consequências desta medida sobre os contratados - ou seja, a sua eliminação pura e simples. Em contrapartida, a referência à situação dos trabalhadores não-docentes a par do insustentável silêncio relativamente aos contratados e desempregados parece constituir uma absoluta falta de respeito para com os professores que não pertencem aos Quadros.

Gostaria portanto de saber quais são as medidas que a FENPROF e a FNE pretendem apresentar e/ou exigir do governo relativamente aos professores contratados, bem como saber quais as diligências que têm sido tomadas nesse sentido."

Obviamente, fico à espera sentado.

1 comentários:

Prof24 disse...

Esclareço que já recebi uma resposta, ao fimde uma semana: um dos sindicatos diz que responde SE eu for sócio deles. No comments...