09/09/2005

Pedidos de mudança de escola voltam a levantar suspeitas

Os pedidos de mudança de escola por alegada doença voltam a levantar suspeitas, noticia esta sexta-feira o Público. Embora os números deste ano - cerca de 2.500 candidaturas e apenas 600 colocações efectivas contra 7.700 do ano passado - voltam a levantar dúvidas.


Após a detecção de 30 médicos a passar cerca de sete atestados cada um, o Ministério da Educação (ME) decidiu enviar para a Ordem dos Médicos (OM) e para a Inspecção-Geral da Saúde (IGS) uma lista com os nomes e os números da cédula profissional destes clínicos, para uma possível investigação.

Segundo o Público, nesta lista encontra-se o caso de um médico que passou 22 atestados, utilizados em outros tantos pedidos de destacamento por condições específicas.

1 comentários:

Miguel disse...

Investigue-se o que há para investigar... Sem medos, nem rodeios.